Participação no Partido Anarquista Internacional

Participação no Partido Anarquista Internacional

A Cabeça do Anarquismo

O Partido Anarquista Internacional é a Cabeça do Anarquismo

domingo, 8 de maio de 2016

A BUSSOLÁ DO ESPECTRO POLITICO MUNDIAL.

BUSSOLA EM PORTUGUÊS:

BUSSOLA EM INGLÊS:

A BUSSOLÁ DO ESPECTRO POLITICO MUNDIAL ou da GEOPOLÍTICA IDEOLÓGICA.

Para a teoria da Bussolá geopolítica das ideologias, o único grupo histórico que foi e que é o centro politico no mundo eurocêntrico, foi a monarquia. Assim Entende a teoria da Bussolá que toda vez que a monarquia saio do seu eixo histórico ou seja, de seu "centro politico", ela foi derrubada.O papel ideal do Rei seria governar todas as forças existentes unificando estas para um Reino Unido, porem sempre que este fez uma escolha de lado politico, favoreceu grupos de interesses e estes grupos favorecidos logo tomaram o seu poder histórico, como o fez a aristocracia e a burguesia revolucionaria. 
Assim ao Centro Politico histórico, só cabe a Realeza, porem na atualidade histórica este centro politico se tornou um novo espaço conjuntural de forças em disputas querendo ocupá-lo.A Bussolá trabalha com a ampliação do conceito do "Diagrama de Noan" e do "Diagrama do Espectro Politico". E longe de querer ser perfeita, ela como todo diagrama é muito mecânico, muito esquemático e muito estático. 
Desta forma deixamos aqui nosso apelo a inteligencia de todo capitão que conduz seu navio perante as tempestades ideológicas, pois a bussolá pretende ser apenas um instrumento de discernimento para mentes em movimento e que compreendem que a sociedade que vivemos esta em movimento e em transformação. 
Para nos Anarquistas, a fração existe como a vida existe, ou seja em suas múltiplas facetas. A Teoria da Bussolá trabalha com conceitos de grupos e frações constituindo os sub grupos e assim em diante, rastreando e mapeando as forças politicas mundiais.Assim peguemos o exemplo abaixo:
1) Monarquia como centro politico histórico.
2) OPOSIÇÕES: Linha oposta.
3) CONVERGÊNCIAS: como polos laterais.
4) Esquerda, Direita, como clássico conceitual politico francês.
5) Estatismo e Libertarismo como orientadores históricos das escolhas entre as tendencias politicas.
6)GRUPO: Entre polos (Ex: entre esquerda e libertários se situa o grupo: Esquerda Libertária).
7) FRAÇÕES E SUB FRAÇÕES: Exemplo; entre Libertários e Esquerda esta o Anarquismo, que se constituti como grupo da Esquerda Libertária, que por sua vez se fraciona outras muitas vezes.*Seguindo o exemplo das frações:
8) Sub frações: Entre Anarquismo e Esquerda se situa o Socialismo.
9) Segunda Sub fração: Entre Socialismo e Esquerda se situa o Sindicalismo.

Observação: No lugar de de Monarquia, vocês podem ler CENTRO em referencia ao centro politico histórico, porem este lugar foi ocupado inicialmente pela Monarquia.
Inicialmente chamamos este trabalho de Bussola da Anarquia, dando uma significação do Anarquismo como orientador mundial do discernimento dos grupos políticos mundiais. Porem se desejam chamar de Bussola do Espectro Politico Mundial se sintam a vontade, pois nosso papel é orientar e não de estabelecer propriedade para uma logica. Da mesma forma se desejam sugerir frações ou reavaliar frações se sintam a vontade.
Assim espero ter contribuído coma Teoria da Bussolá Anarquista e espero que esta seja uma construção coletiva.Por fim, para nos Anarquistas, Estatismo é signo do Autoritarismo e por fato, quando se lê Estatismo, se entende Autoritarismo.

SITUAÇÃO POLITICA MUNDIAL:

A) POSIÇÃO HISTÓRICA:

1) CENTRO
2) ESQUERDA
3) DIREITA

B) PRIMEIRA POSIÇÃO TEÓRICA PÓS GUERRAS:

1) CENTRO
2) ESQUERDA
3) DIREITA
4) LIBERTADORISMO
5) ESTATISMO

C) FRAÇÕES POLITICAS HISTÓRICAS:

1) ANARQUISMO
2) FASCISMO
3) MARXISMO
4) LIBERALISMO

D) SUB FRAÇÕES HISTÓRICAS (ATUALIZADAS):

1) AUTONOMISMO 
2) BIG BROTHERS
3) MUNICIPALISMO
4) NAZISMO
5) MUTUALISMO
6) SALASARISMO
7) PARTISIANISMO
8) FRANQUISMO
9) SOCIALISMO
10) GETULISMO 
11) SINDICALISMO
12) POPULISMO
13) COLETIVISMO
14) CONSERVADORISMO
15) COMUNISMO
16) NEOLIBERALISMO
17) ESPARTAQUISMO
18) CAPITALISMO
19) TROTSKYSMO
20) ULTRALIBERALISMO
21) LENINISMO
22) LIBERTARIANISMO 
23) STALINISMO
24) EMPREENDEDORISMO

ESQUEMA TEÓRICO POLITICO DAS DEFINIÇÕES NA ATUALIDADE:

A) CENTRO POLITICO:
1) MONARQUIA

B) POLOS POLÍTICOS:

1) ESTADISTAS
2) LIBERTÁRIOS

C) CAMPOS POLÍTICOS:

1) ESQUERDA
2) DIREITA

D) CORRENTES POLITICAS

1) PODER PRIVADO
2) PODER PUBLICO

GRUPOS PRINCIPAIS:

A) POLO POLITICO ESTADISTA

1) COLETIVISTAS
2) COMUNISTAS
3) ESPARTAQUISTAS
4) MARXISTAS
5) TROTSKYSTAS
6) LENINISTAS
7) STALINISTAS
8) BIG BROTHERS
9) NAZISTAS
10) SALASARISTAS
11) FASCISTAS
12) FRANQUISTAS
13) GETULISTAS
14) POPULISTAS

B) POLO POLITICO LIBERTÁRIO

1) AUTONOMISTAS
2) MUNICIPALISTAS
3) MUTUALISTAS
4) ANARQUISTAS
5) PARTISIANS
6) SOCIALISTAS
7) SINDICALISTAS
8) CONSERVADORES
9) NEO LIBERAIS
10) CAPITALISTAS
11) LIBERALISTAS
12) ULTRA LIBERALISTAS
13) LIBERTARIANISTAS 14) EMPREENDEDORISTAS

C) CAMPO POLITICO DE ESQUERDA

1) AUTONOMISTAS
2) MUNICIPALISTAS
3) MUTUALISTAS
4) ANARQUISTAS
5) PARTISIANS
6) SOCIALISTAS
7) SINDICALISTAS
8) COLETIVISTAS
9) COMUNISTAS
10) ESPARTAQUISTAS
11) MARXISTAS
12) TROTSKYSTAS
13) LENINISTAS
14) STALINISTAS

D) CAMPO POLITICO DA DIREITA

1) BIG BROTHERS
2) NAZISTAS
3) SALASARISTAS
4) FASCISTAS
5) FRANQUISTAS
6) GETULISTAS
7) POPULISMO
8) CONSERVADORES
9) NEO LIBERAIS
10) CAPITALISTAS
11) LIBERALISTAS
12) ULTRA LIBERALISTAS
13) LIBERTARIANISTAS 
14) EMPREENDEDORISTAS

E) CORRENTES POLITIAS DO PODER PRIVADO

1) LIBERALISMO: Defesa do Poder Econômico e da Propriedade Privada. Cada pessoa tem a liberdade de escolher onde investir os seus recursos econômicos. 
2) ANARQUISMO: Defesa dos Direitos Humanos, defesa da Livre Associação e defesa da Liberdade de Ideias. Cada pessoa é dona de seu corpo, de suas ideias e tem a direito de escolher com quem e como se associar.

F) CORRENTES POLITIAS DO PODER PUBLICO

1) MARXISMO: Defesa da Social Democracia e da Luta de Classes. A democracia é um jogo de interesses de classes e deve ser superada por um sistema socialista.
2) FASCISMO: Defesa da Ditadura Militar e do privilegio de classes. O cidadão deve respeito e impostos para com o Estado.

SUB GRUPOS PRINCIPAIS:

A) ESQUERDA LIBERTARIA;

1) LIBERTÁRIOS
2) AUTONOMISTAS
3) MUNICIPALISTAS
4) MUTUALISTAS
5) ANARQUISTAS
6) PARTISIANS
7) SOCIALISTAS
8) SINDICALISTAS
9) ESQUERDISTAS

B) ESQUERDA ESTATISTA (esquerda autoritária);

1) ESQUERDISTAS
2) COLETIVISTAS
3) COMUNISTAS
4) ESPARTAQUISTAS
5) MARXISTAS
6) TROTSKYSTAS
7) LENINISTAS
8) STALINISTAS
9) ESTATISTAS

C) DIREITA ESTATISTA (direita autoritária);

1) ESTATISTAS
2) BIG BROTHERS
3) NAZISTAS
4) SALASARISTAS
5) FASCISTAS
6) FRANQUISTAS
7) GETULISTAS
8) POPULISMO
9) DIREITISTAS

D) DIREITA LIBERTARIA (direita liberal);

1) DIREITA
2) CONSERVADORES
3) NEO LIBERAIS
4) CAPITALISTAS
5) LIBERALISTAS
6) ULTRA LIBERALISTAS
7) LIBERTARIANISTAS 
8) EMPREENDEDORISTAS 
9) LIBERTÁRIOS

OPOSIÇÃO: (GRUPO VERSUS GRUPO)

1) ESQUERDA VS DIREITA
2) LIBERTADORISMO VS ESTATISMO
3) ANARQUISMO VS FASCISMO
4) MARXISMO VS LIBERALISMO
5) AUTONOMISMO VS BIG BROTHERS
6) MUNICIPALISMO VS NAZISMO
7) MUTUALISMO VS SALASARISMO
8) PARTISIANISMO VS FRANQUISMO
9) SOCIALISMO VS GETULISMO 
10) SINDICALISMO VS POPULISMO
11) COLETIVISMO VS CONSERVADORISMO
12) COMUNISMO VS NEOLIBERALISMO
13) ESPARTAQUISMO VS CAPITALISMO
14) TROTSKYSMO VS ULTRALIBERALISMO
15) LENINISMO VS LIBERTARIANISMO 
16) STALINISMO VS EMPREENDEDORISMO

TENDÊNCIAS:

As tendências são pontos que pendem ao um lado e ao outro.
1) ESQUERDA e SINDICALISMO, pendendo para o lado mais libertário surge o sindicalismo libertário (anarco sindicalismo e ou sindicalismo revolucionário) e pendendo para o lado mais autoritário ou estatista, surge os sindicatos atrelados ao Estado, como organismo conciliador de interesses de classes.
2) ESQUERDA e COLETIVISMO, pendendo mais para a esquerda surge o Bakuninismo e pendendo mais ao Estatismo surgem om partidos sindicais.
3) DIREITA e POPULISMO, pendendo mais aos libertários surge os chamados capitalistas sociais e pendendo mais ao Estatismo surgem os ultra-nacionalismos.
4) DIRETA e CONSERVADORISMO, pendendo mais aos libertários surge os conciliadores de classes e pendendo mais ao Estatismo surgem os partidos militares.
5) LIBERTADORISMO e EMPREENDEDORISMO, pendendo mais a esquerda surgem o cooperativismo e pendendo mais a direita surgem os micro empreendedores.
6) LIBERTADORISMO e AUTONOMISMO, pendendo mais a esquerda surgem as "feiras livres"e pendendo mais a direita surgem os grandes eventos temáticos.
7) ESTATISMO e STALISNISMO, pendendo mais a esquerda surgem as democracias de esquerda e pendendo mais a direita surgem os populistas de esquerda.
8) ESTATISMO e BIG BROTHERS, pendendo mais a esquerda surgem as ditaduras de liberdades falsas e vigiadas e pendendo mais a direita surgem os campos de concentração e extermínios.

CONVERGÊNCIAS:

Os grupos e frações que estão em um mesmo polo, são os grupos que convergem, por tal motivo se aparentam e as vezes se fundem por longos períodos em grandes grupos. Assim nasceu das Tendências novos subgrupos com perfis próprios, porem unidos a uma convergência ideológica.
Este fato é igual também no campo politico, porem já a tempos se observa que no campo politico se constata o nascimento das divergências entre tendencias que aparentemente eram iguais, mais depois que verificadas se mostraram divergentes.

DIVERGÊNCIAS:

A divergência é praticamente muito mais polar do que de campo politico. Pois o polo politico é um norteador do programa politico dos grupos ideológicos. 
Onde não há convergência existe a divergência, porem se verifica a existência quase que comum do nascimento de unidades táticas, organizadas momentaneamente entre os muitos grupos divergentes no mesmo campo politico em suas pautas comuns e amplas. Isto fez surgir o que se convencionou chama de FRENTE POLITICA.
A Frente tem o carácter comum que unifica os grupos divergentes em uma unidade de combate seja de qual perfil for.
No Anarquismo a frente comum de unidade junto as esquerdas é a Frente Anti Fascista. 
Já no Stalinismo a frente de unidade entre as esquerdas é a Frente Popular. 
E assim todos os grupos em maior ou menor grau, tem pautas especificas de unidades amplas que colocam as divergências em segundas prioridades de pautas, já que a pauta de unidade tática ascendera em movimento como importância de pauta estrategia e momentânea.

INSURGÊNCIA:

As insurgências acontecem juntos as correntes politicas, pois nestas os interesses de classes estão latentes, fundamentalisados e em estado de grito. 
Este fato deriva de uma sociedade que trocou o REI por forças politicas em lutas. 
Ou seja uma sociedade que destruiu o seu centro politico de unidade, e que agora só pode se levantar como e com uma ampla colisão social para além dos imaginários ideológicos.
Quem dera ter mais de uma Helena para agradar Gregos e Troianos. Pois foi assim que cairão os Reis, quando estes não souberam agradar e governar forças politicas para conduzir estas para uma ampla unidade das forças em disputa.

Link sugeridos:

DIAGRAMA DE NOLAM: http://www.diagramadenolan.com.br/?locale=pt
Espectro políticohttps://pt.wikipedia.org/wiki/Espectro_pol%C3%ADtico
PLEBE RUDE:https://www.youtube.com/watch?v=7LggJg0gW5Q

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Entre em contato com o PAI
partidoanarquistainternacional@gmail.com